A luxaçãodoombroéamais comumentreasgrandesarticulaçõesdo corpo.Oombroéaarticulaçãomais
móvel do corpo humano , permitindo movimentos em praticamete todas as direções . Pode ser considerado um encaixe do tipo bola-taça , a cabeça do úmero sendo a bola e a glenóide sendo a taça.
·Paraqueoombropermaneçaestáveleaomesmotempoflexível,sãonecessáriosváriosmecanismos
estabilizadores . Os seguintes fatores são importantes na estabildade do ombro : o formato dos ossos , a presença de uma borda cartilaginosa chamada labrum ou lábio glenoidal , a presença de vários ligamentos na parte anterior , inferior e posterior da articulação, a musculatura da cintura escapular e os tendões do manguito rotador.
·A articulação do ombro pode se deslocar  de forma traumática ( durante a  prática de esportes , quedas , etc )
- esta é a mais frequente - ou de forma atraumática , isto é , sem nenhuma força externa contribuindo para ocorrer a luxação. Nesta última , mais rara , o que ocorre é uma frouxidão aumentada dos tecidos que "prendem"  o ombro no seu lugar.
·Aluxação doombro sedá maisfrequentementepara aregião anterior, mastambém ocorremluxaçõespara
a parte inferior e posterior .Existem luxações voluntárias , quando o próprio paciente consegue deslocar o ombro . Um termo denominado subluxação diz respeito a situações em que o ombro não chega a sair completamente fora do lugar , mas a sensação do paciente é que ele chegou a sair.
 
Aluxaçãotraumáticaquasesemprerequeraajudadeummédicoparaareduçãodoombro("colocá-lo
novamente no lugar" ). Esta manobra de redução normalmente pode ser executada num pronto socorro através de algumas manobras especiais , como a manobra de tração-contratração ,em que um médico traciona o ombro numa direção e um outro auxiliar estabiliza a cintura escapular . Veja a figura abaixo.
Aluxaçãotraumáticadoombropodedeterminarumalesãoemumaestruturachamadalabrumouna
cápsula do ombro ,lesão que denominados lesão de Bankart.  Normalmente esta lesão não cicatriza corretamente , o que leva o paciente a apresentar outros episódios de luxação ( luxação recidivante ). Nestes casos , o tratamento cirúrgico deve ser realizado. O tratamento não cirúrgico pode ser instituído em alguns casos,  realizando-se então o fortalecimento muscular associado a restrição de algumas atividades físicas.
·Atualmenteacirurgiaparacorreçãodaluxação,namaioriadoscasos,podeserfeitaatravésda
artroscopia, durante a qual o labrum e a cápsula lesadas são reparados.Para repararmos esta lesão , normalmente utilizamos dispositivos chamadas âncoras , que fazem a sutura do tecido lesado ao osso.
·Os casosde luxaçãoatraumáticanormalmente sãotratadosde formanãocirúrgica, atravésdeexercícios
de fortalecimento muscular.
 
A luxação do ombro é a mais comum entre as grandes articulações do corpo. O ombro é a articulação mais móvel do corpo humano , permitindo movimentos em praticamete todas as direções.Pode ser considerado um encaixe do tipo bola-taça ,a cabeça do úmero sendo a bola e a glenóide sendo a taça.
taca ombro1
 
Para que o ombro permaneça estável e ao mesmo tempo flexível , são necessários vários mecanismos estabilizadores . Os seguintes fatores são importantes na estabildade do ombro : o formato dos ossos , a presença de uma borda cartilaginosa chamada labrum ou lábio glenoidal , a presença de vários ligamentos na parte anterior , inferior e posterior da articulação, a musculatura da cintura escapular e os tendões do manguito rotador.
A articulação do ombro pode se deslocar  de forma traumática ( durante a  prática de esportes , quedas , etc ) - esta é a mais frequente - ou de forma atraumática , isto é , sem nenhuma força externa contribuindo para ocorrer a luxação. Nesta última , mais rara , o que ocorre é uma frouxidão aumentada dos tecidos que "prendem"  o ombro no seu lugar.
A luxação do ombro se dá mais frequentemente para a região anterior , mas também ocorrem luxações para a parte inferior e posterior .Existem luxações voluntárias , quando o próprio paciente consegue deslocar o ombro . Um termo denominado subluxação diz respeito a situações em que o ombro não chega a sair completamente fora do lugar , mas a sensação do paciente é que ele chegou a sair.
 
luxacaodoomb
 
A luxação traumática quase sempre requer a ajuda de um médico para a redução do  ombro ("colocá-lo novamente no lugar" ). Esta manobra de redução normalmente pode ser executada num pronto socorro através de algumas manobras especiais , como a manobra de tração-contratração ,em que um médico traciona o ombro numa direção e um outro auxiliar estabiliza a cintura escapular . Veja a figura abaixo.
 
reducaoombro
A luxação traumática do ombropode determinar uma lesão em uma estrutura chamada labrum ou na cápsula do ombro , lesão que denominados lesão de Bankart. Normalmente esta lesão não cicatriza corretamente , o que leva o paciente a apresentar outros episódios de luxação ( luxação recidivante ). Nestes casos , o tratamento cirúrgico deve ser realizado. O tratamento não cirúrgico pode ser instituído em alguns casos,  realizando-se então o fortalecimento muscular associado a restrição de algumas atividades físicas.
Atualmente a cirurgia para correçãoda luxação , na maioria dos casos ,pode serfeitaatravés da artroscopia, durante a qual o labrum e a cápsula lesadas são reparados. Para repararmos esta lesão , normalmente utilizamos dispositivos chamadas âncoras , que fazem a sutura do tecido lesado ao osso.
Os casos de luxação atraumática normalmente são tratados de forma não-cirúrgica, através de exercícios de fortalecimento muscular.